Connect with us

Hi, what are you looking for?

Atualidades

Justiça garante funcionamento de hospitais do Maracanã e São Gonçalo

justica-garante-funcionamento-de-hospitais-do-maracana-e-sao-goncalo

Hospitais de campanha atendem pacientes com covid-19

A Justiça do Rio determinou que o governo do Estado do Rio mantenha em funcionamento os hospitais de campanha para tratamento de covid-19 do bairro do Maracanã, na zona norte do Rio e de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.  A decisão é da juíza Aline Maria Gomes Massoni da Costa, da 14ª Vara da Fazenda Pública do Rio, que intimou o Estado do Rio para que cumpra decisão da 25ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça e mantenha em funcionamento os hospitais de campanha do Maracanã e de São Gonçalo. A magistrada determinou a não-suspensão da admissão de novos pacientes, bem como a manutenção daqueles já admitidos e ainda não transferidos.

“Ao que parece, a transferência de pacientes e o possível fechamento da unidade ocorreu não em virtude da desnecessidade dos leitos, mas em razão do vencimento do ajuste com a respectiva OS [Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde- Iabas] que a operacionalizava as unidades de saúde”, escreveu a magistrada.

A juíza Aline Massoni escreveu também, na decisão, que a transferência pode agravar o quadro de saúde dos pacientes em estado mais delicado.

Decisão do governo do Rio
A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES) informou hoje (17) que decidiu transferir os pacientes com covid-19 internados em seus hospitais de campanha para outras unidades “de forma preventiva”.

Segundo a SES, a medida foi tomada porque o contrato de prestação de serviço da organização social (OS) Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas) terminará amanhã (18), e a OS teria informado no dia 14 que não prestaria mais os serviços.

Em nota, o Iabas diz que solicitou a rescisão do contrato, mas não pediu o fechamento dos hospitais. A OS afirma que não foi informada previamente da decisão da SES e acusa o governo de falta de  transparência na gestão.

SES nega fechamento dos hospitais
A nota divulgada  pela Secretaria de Estado de Saúde diz que 26 pacientes que estavam internados no Hospital de Campanha do Maracanã e oito que estavam em São Gonçalo serão transferidos para outras unidades. Ao todo, 23 desses pacientes estavam em unidades de terapia intensiva (UTIs).

A secretaria nega que os hospitais estejam sendo fechados e diz que a Fundação Saúde, que é estadual, cederá profissionais para atuarem neles.

Contratos do estado do Rio de Janeiro no contexto da pandemia de covid-19 vêm sendo alvo de denúncias de irregularidades e corrupção desde maio. O ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos foi preso na semana passada, acusado de integrar uma organização criminosa que fraudou contratos de compra de respiradores pulmonares usados em pacientes com covid-19.

Santos havia sido exonerado do cargo depois que o ex-subsecretário Gabriell Neves foi preso, em maio, sob suspeitas relacionadas a contratos como o que previa a construção de sete hospitais de campanha, dos quais apenas dois foram inaugurados. Os hospitais foram prometidos para o fim de abril, mas a unidade do Maracanã só ficou pronta em maio, e a de São Gonçalo, em junho.

O governador do estado, Wilson Witzel, também é investigado pela compra dos respiradores, mas no Superior Tribunal de Justiça (STJ), e a crise na saúde se tornou a principal fundamentação para o pedido de impeachment que tramita contra ele na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. No último dia 15, o governador usou sua conta no Twitter para negar participação no suposto esquema, diante de notícias de que Edmar Santos teria assinado um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde informou que ainda não foi notificada da decisão judicial, e que os hospitais de campanha do Maracanã e de São Gonçalo não fecharam, como afirmou o secretário Alex Bousquet em vídeo divulgado à imprensa nesta tarde.

No vídeo, o secretário diz que, na última terça-feira (14), a secretaria recebeu um ofício da OS responsável pelo gerenciamento desses hospitais, o [Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde – Iabas], informando que não haveria intenção em continuar com as unidades. Alex Bousquet explicou que “nós iniciamos o remanejamento dos pacientes ali presentes para hospitais que possuem a estrutura adequada para atendê-los. Aproveito a oportunidade para esclarecer que a Fundação Estadual de Saúde será a responsável pelo gerenciamento dos recursos humanos das unidades e que fique claro que os hospitais não estão sendo fechados”, disse o secretário no vídeo.

Written By

Viciado em todos tipos de streaming (Netflix, Amazon, HBO Max, Globoplay, Disney e tudo mais), e uso meu vício para o bem de todos compartilhando o que descubro com os leitores. Curto praia, sol e beach tênis.

Advertisement

Recomendas

Esporte

Não se enganem, torcedores dos Mavericks, a batalha ainda não acabou! Apesar da vitória dos Celtics em Dallas, por 106-99, que lhes deu uma...

Curiosidades

O fascinante motivo de existirem 60 segundos em cada minuto e 60 minutos em cada hora tem mais de 3000 anos

Tudo Sobre

O fenômeno dos Apps de encontros entre homens mais velhos e jovens atraentes

Curiosidades

Contrato de namoro protege casais que querem evitar ‘união estável’

Esporte

Lucas Paqueta envolvido em caso de escândalo das apostas na Inglaterra

Últimas

Mundo

Após condenação Trump pode ser o primeiro presidente americano a governar preso

Esporte

Marca compara o brasileiro a um imperador romano. Até veículos de Barcelona reconhecem a supremacia do clube madrileno: "História interminável"

Criptomoedas

Peter Schiff, o economista que previu a crise financeira de 2008 e um defensor fervoroso do ouro, declarou recentemente que o Bitcoin está “morto”....

Tecnologia

Concorrente menor da gigante dos serviços de nuvem apresenta ótima performance

Mais notícias relacionadas

Música

Cantora ainda não confirmou a vinda ao Rio de Janeiro neste ano

Atualidades

Encerramento promete emocionar o público com enredos marcantes

Famosos

Atriz passou pela cidade e gravou vídeos detonando as autoridades

Famosos

Piloto da Fórmula 1 estaria vivendo um affair com a atriz Juliana Nalú

Música

Festival acontece nos dias 9 e 10 e 16 e 17 de novembro, em Petrópolis (RJ)

Esporte

Tricolor das Laranjeiras agitou o domingo (12) carioca após o título

Famosos

Narah Batista faz sucesso nas redes e impressiona com sua beleza

Música

Cantora celebra 30 anos de carreira com projeto "Ivete 3.0"