Connect with us

Hi, what are you looking for?

Mundo

NASA publica relatório sobre OVNIs e extraterrestres

NASA divulgou relatório sobre OVNIs e vida extraterrestre

Nasa publica relatório sobre OVNIs e extraterrestres (Foto: Montagem/Wikicommons)
Nasa publica relatório sobre OVNIs e extraterrestres (Foto: Montagem/Wikicommons)

A NASA divulgou um extenso relatório de 36 páginas produzido por um painel independente composto por 16 especialistas, que concluiu que não há evidências de origem extraterrestre em uma extensa amostra de avistamentos de óvnis. A grande maioria desses eventos já foi esclarecida por explicações convencionais, no entanto, um pequeno número permanece sem identificação imediata e é categorizado pela agência espacial americana como “fenômenos anômalos não identificados” (UAPs), mais conhecidos como objetos voadores não identificados (OVNIs).

O relatório apresenta a conclusão de que, até o momento, não existem fundamentos para afirmar que os relatos de UAPs possuam uma origem extraterrestre. Esse estudo surge como uma continuação das análises realizadas pela NASA, que já havia avaliado cerca de 800 avistamentos de óvnis durante uma reunião pública em maio. Dessa análise, apenas de 2% a 5% dos casos apresentavam características indicativas de “anomalias”, sinalizando um fenômeno ainda não completamente explicado.

Os especialistas enfatizam a importância da pesquisa na busca por vida extraterrestre e sugerem que essa hipótese deve ser considerada como última opção, após a exclusão de todas as outras possibilidades científicas. Também mencionam as dificuldades tecnológicas na análise desses fenômenos aéreos e incentivam a coleta de dados mais abrangentes e confiáveis, encorajando a participação da ciência cidadã e colaborações com pilotos governamentais e de voos comerciais.

Além disso, o relatório destaca um aspecto social relevante, apontando que a percepção negativa em torno dos UAPs constitui um obstáculo para a coleta de dados, enfatizando que o envolvimento da própria agência espacial é crucial para reduzir o estigma associado aos relatórios de UAPs. Os especialistas também ressaltam a necessidade de melhorias tecnológicas na análise desses fenômenos, citando problemas de calibração de sensores e a falta de dados fundamentais. A NASA se comprometeu a promover relatórios de ciência cidadã e se envolver com pilotos de governos e voos comerciais para obter um conjunto de dados de UAPs mais amplo e confiável. O administrador da agência, Bill Nelson, anunciou a nomeação de um novo diretor de pesquisa de UAPs, seguindo as recomendações do painel de estudo composto pelos 16 especialistas.

Written By

Geek, fã de Star Wars, Star Trek e Aliens do Passado, e todas 'maluquices' de Giorgio Tsoukalos e Erich von Däniken. Falo sobre curiosidades da ciência, do espaço e de OVNIs, além do meu Mengão.

Advertisement

Recomendas

Criptomoedas

Peter Schiff, o economista que previu a crise financeira de 2008 e um defensor fervoroso do ouro, declarou recentemente que o Bitcoin está “morto”....

Mundo

No epicentro das acusações contra Donald Trump, está a atriz Stormy Daniels, cuja presença nesse turbulento julgamento criminal expõe as profundas falhas de caráter...

Criptomoedas

Bitcoins adormecidos acordaram

Mundo

Os bilionários estão preocupados com as catástrofes climáticas

Últimas

Tecnologia

Concorrente menor da gigante dos serviços de nuvem apresenta ótima performance

Tudo Sobre

O Chevrolet Corvette E-Ray 2024 representa um marco significativo na história do Corvette, marcando a transição do icônico modelo para uma era eletrificada. Com...

Esporte

Horários, Transmissões e Expectativas para a Próxima Etapa Eletrizante da Fórmula 1

Esporte

Sheik Mansour Bin Zayed Al Nahyan, adquire o Esporte Clube Bahia por R$ 126 Bilhões

Esporte

E-Ray 2025 será o pace car na 108ª edição das 500 Milhas de Indianápolis

Mais notícias relacionadas

Mundo

Artemis sofre muito mais que o esperado pelos engenheiros da NASA

Mundo

Conclusão vem de mais de 30 anos de observações via satélite

Mundo

99942 Apophis está sendo acompanhado "de perto" pela NASA

Mundo

Dante Lauretta é o investigador principal da missão OSIRIS-REx da NASA

Mundo

Agência americana estuda formas de mitigar os potenciais impactos na Terra

Mundo

Sonda espacial Voyager 1 ficou incapaz de enviar dados utilizáveis para a Terra

Tecnologia

Sonda solitária parou de se comunicar de forma coerente